SEMEQ Monitoramento online de ativos: o que é e como funciona

O monitoramento online de ativos é um dos pilares da revolução industrial contemporânea. Saiba o que é e os principais benefícios para a sua planta.

Monitoramento on-line de ativos: tudo o que você precisa saber

Na era da indústria 4.0, em que a tecnologia está remodelando fundamentalmente a forma como conduzimos os negócios, o monitoramento on-line de ativos se destaca como um dos pilares da revolução industrial contemporânea. 

Por meio da combinação inteligente de sensores, conectividade e análise avançada de dados, essa abordagem está transformando radicalmente a gestão de ativos em setores industriais diversos.

Imagine poder prever falhas em máquinas antes que elas ocorram, otimizar o uso de recursos, aumentar a eficiência operacional e reduzir os custos de manutenção? Tudo isso é possível com o monitoramento preditivo

Um estudo da McKinsey estima que as empresas podem economizar até US$ 1,2 trilhão por ano por meio da adoção de soluções de monitoramento on-line de ativos.

Neste artigo, descubra o que é e como funciona o monitoramento on-line de ativos, saiba quais são as principais ferramentas e tecnologias utilizadas e como aplicar na sua planta industrial. Acompanhe!

O que é monitoramento on-line de ativos?

O monitoramento on-line de ativos é uma abordagem inovadora que revoluciona a maneira como as indústrias gerenciam seus equipamentos e suas máquinas. Essencialmente, trata-se de uma prática que envolve o acompanhamento contínuo e em tempo real do estado operacional, do desempenho e das condições dos ativos industriais.

Esse acompanhamento é possível por meio da coleta contínua e remota de dados, transmitido para sistemas de análise, possibilitando uma visão completa da saúde dos ativos.

Essa abordagem evoluiu consideravelmente com o advento da Internet das Coisas (IoT) e da Inteligência Artificial (IA), tornando-se uma ferramenta indispensável para a manutenção preditiva e a eficiência operacional.

Como funciona o monitoramento on-line de ativos?

O monitoramento on-line de ativos opera com base na coleta incessante de dados provenientes dos equipamentos por meio de sensores estrategicamente posicionados que capturam informações cruciais, como temperatura, vibração, pressão, corrente elétrica, entre outros. 

Esses dados são transmitidos por meio de conexões de rede à plataforma de análise, onde algoritmos avançados processam e interpretam as informações. A partir dessas análises, é possível identificar padrões, tendências e, o mais importante, sinais de possíveis falhas.

IoT e IA para monitoramento on-line de ativos

A Internet das Coisas (IoT) revolucionou o monitoramento on-line de ativos ao possibilitar a conexão de dispositivos e máquinas à rede, permitindo a coleta de dados em tempo real, independentemente da localização física. A Inteligência Artificial (IA), por sua vez, impulsiona essa abordagem ao processar grandes volumes de dados de maneira eficaz.

A IA não apenas analisa os dados, mas também aprende com eles, identificando padrões sutis e comportamentos anormais que podem ser indicativos de problemas iminentes, o que leva a uma precisão cada vez maior na previsão de falhas e na recomendação de ações preventivas.

Além disso, o uso conjunto de IoT e IA possibilita a criação de sistemas de alerta em tempo real, permitindo que as equipes de manutenção ajam rapidamente para evitar paradas não planejadas.

Um estudo da McKinsey estima que as empresas podem economizar até US$ 1,2 trilhão por ano por meio da adoção de soluções de IoT e IA para monitoramento de ativos, comprovando o impacto significativo que essa abordagem pode ter na eficiência operacional e na rentabilidade das indústrias.

Monitoramento on-line de ativos x coleta manual: diferenças

O gerenciamento eficaz de ativos industriais é um componente essencial para a produtividade e o sucesso de qualquer planta. Um dos pontos cruciais das operações industriais é a manutenção. 

No cenário da coleta manual de dados, as informações são obtidas periodicamente por técnicos, o que muitas vezes leva a uma abordagem reativa, quando os problemas só são identificados após a ocorrência de falhas. 

No entanto, o monitoramento on-line, com sua capacidade de análise avançada, permite a adoção de uma estratégia de manutenção preditiva, possibilitando intervenções antes que problemas maiores ocorram.

A coleta manual pode fornecer um instantâneo limitado do estado dos ativos, o que pode ser insuficiente para tomar decisões estratégicas. Em contrapartida, o monitoramento on-line oferece uma visão detalhada, alimentando sistemas de análise e IA com dados constantes. 

A adoção dessa abordagem não apenas aprimora a eficiência operacional e a confiabilidade dos ativos, como também põe as plantas industriais na vanguarda da Indústria 4.0, onde a análise de dados em tempo real é a chave para o sucesso competitivo.

Além disso, a coleta manual geralmente consome tempo significativo, envolve mão de obra especializada e pode ser propensa a erros humanos. Além disso, a análise dos dados coletados manualmente pode ser demorada e sujeita a interpretações subjetivas. Por outro lado, o monitoramento on-line automatiza o processo, eliminando a intervenção humana frequente.

Ferramentas utilizadas para realizar o monitoramento on-line de ativos

O monitoramento on-line de ativos é impulsionado por uma variedade de ferramentas e tecnologias que trabalham em conjunto para garantir a eficiência e a confiabilidade das operações industriais.

Ao adotar essas ferramentas, as plantas industriais podem obter insights detalhados sobre o desempenho dos equipamentos e tomar medidas preventivas antes que problemas maiores ocorram. 

Duas dessas ferramentas essenciais são o sensor de vibração e temperatura e a tecnologia de corrente elétrica.

Sensor de vibração e temperatura

Os sensores de vibração e temperatura são projetados para detectar variações nos níveis de vibração e temperatura dos equipamentos. As informações coletadas por esses sensores são enviadas para sistemas de análise que avaliam os padrões ao longo do tempo.

Qualquer desvio dos valores normais pode ser identificado, indicando a possibilidade de um problema iminente, o que contribui para a redução de paradas não planejadas e dos custos operacionais.  

Sensor de corrente

Os sensores de corrente são outra ferramenta valiosa no monitoramento on-line de ativos. Ele é utilizado para detectar sinais de correntes gerados por motores em funcionamento. Esses sinais monitorados podem ser indicativos de problemas, como harmônicos, desbalanceamento de corrente, sobrecargas, entre outros..

A análise dos dados de corrente permite a identificação de problemas em estágios iniciais, muito antes que eles se tornem visíveis ou causem impactos significativos, possibilitando uma manutenção proativa e a redução das interrupções da produção.

Integrar essas ferramentas em uma estratégia de monitoramento on-line é um passo crucial para garantir a operação contínua e bem-sucedida das plantas industriais na era da Indústria 4.0

Principais tecnologias do monitoramento on-line de ativos

Dentre as tecnologias que impulsionam a revolução causada pelo monitoramento on-line de ativos em indústrias, destacam-se o Big Data, o armazenamento em nuvem, a coleta IoT e o Machine Learning, que, juntos, capacitam as empresas a alcançar níveis de confiabilidade e disponibilidade nunca antes possíveis. Conheça-os mais abaixo: 

Big Data

O Big Data é a espinha dorsal do monitoramento on-line de ativos. Com a capacidade de coletar e analisar grandes volumes de dados gerados por sensores, máquinas e processos, as empresas podem identificar padrões, tendências e anomalias que podem passar despercebidos em abordagens tradicionais.

Esses insights possibilitam a tomada de decisões informadas baseadas em evidências. Um estudo da PwC estima que a análise de Big Data pode reduzir os custos de manutenção em até 30%.

Armazenamento em nuvem

O armazenamento em nuvem é uma peça-chave na viabilização do monitoramento on-line de ativos. Ele permite que os dados coletados sejam centralizados em plataformas acessíveis remotamente, eliminando a necessidade de infraestrutura local complexa e onerosa.

Essa abordagem facilita a colaboração entre equipes, já que os dados podem ser acessados e compartilhados de qualquer lugar e a qualquer momento. 

Além disso, a escalabilidade do armazenamento em nuvem possibilita que as empresas gerenciem volumes massivos de dados de maneira eficiente e econômica.

IoT

A Internet das Coisas (IoT) envolve conexão de sensores, dispositivos e equipamentos em uma rede inteligente, permitindo a comunicação contínua entre esses elementos. 

Essa comunicação em tempo real gera dados valiosos sobre o desempenho dos ativos, possibilitando a identificação precoce de anomalias e a otimização das operações.

Machine Learning

O Machine Learning, um subcampo da Inteligência Artificial, permite que as empresas desenvolvam modelos capazes de aprender com os dados e fazer previsões precisas. 

No contexto do monitoramento on-line de ativos, o Machine Learning é empregado para identificar padrões que indicam falhas iminentes nos equipamentos. 

Por que realizar o monitoramento de ativos de forma on-line

Em um cenário onde a eficiência operacional, o monitoramento de ativos de forma on-line permite uma abordagem proativa e orientada por dados. Abaixo, estão algumas razões que evidenciam por que essa abordagem é crucial para as indústrias modernas:

  • Previsão de falhas: é um dos principais benefícios do monitoramento on-line de ativos. Ao coletar e analisar continuamente os dados dos equipamentos, as empresas podem identificar padrões que indicam o início de problemas iminentes;
  • Otimização da manutenção: com o monitoramento on-line, é possível otimizar o planejamento da manutenção, agindo apenas quando os dados indicam que é necessário, o que evita intervenções prematuras nos equipamentos;
  • Aumento da disponibilidade dos ativos: o monitoramento on-line permite que as empresas acompanhem continuamente o desempenho dos equipamentos e tomem medidas preventivas antes que ocorram falhas graves;
  • Redução dos custos operacionais: ao evitar paradas não planejadas e otimizar a manutenção, as empresas podem operar de forma mais eficiente e produtiva, reduzindo gastos significativos;
  • Tomada de decisões informadas: as análises dos dados coletados fornecem insights valiosos sobre o desempenho dos equipamentos e as tendências de operação.

O monitoramento de ativos de forma on-line representa um salto na eficiência, na confiabilidade e na disponibilidade das operações industriais. As empresas que adotam essa abordagem estão colhendo os benefícios de uma manutenção mais eficiente, operações otimizadas e uma produção mais estável.

Para qual tipo de segmento é mais indicado?

O monitoramento on-line de ativos é uma abordagem versátil e benéfica que pode ser aplicada em uma variedade de segmentos industriais. Desde manufatura e energia até logística e saúde, o monitoramento on-line oferece vantagens significativas em termos de eficiência operacional e redução de custos. 

Na indústria manufatureira, por exemplo, o monitoramento on-line de ativos pode garantir a operação contínua e eficiente das linhas de produção. Já nas indústrias de energia e utilities, a disponibilidade de ativos é crucial para garantir o fornecimento constante de eletricidade, água e gás. 

A capacidade de prever falhas, otimizar a manutenção e evitar paradas não planejadas é especialmente valiosa em setores onde a eficiência e a confiabilidade são fundamentais. 

Ao adotar o monitoramento on-line de ativos de maneira estratégica e bem direcionada, as empresas podem melhorar seus processos, reduzir custos e elevar a qualidade de suas operações, permanecendo à frente da concorrência em um ambiente industrial cada vez mais competitivo.

Como saber quais ativos devem ser monitorados?

A seleção dos ativos a serem monitorados é uma etapa crucial no estabelecimento de um sistema de monitoramento on-line eficaz. A decisão deve ser baseada em diversos fatores, incluindo a importância do ativo para a operação, a criticidade em caso de falha e o histórico de problemas.

A seguir, confira os pontos que devem ser considerados ao selecionar se um determinado equipamento deve ou não ser monitorado on-line

  • Criticidade do ativo: ativos críticos, cuja falha pode resultar em interrupções significativas na produção ou impactos financeiros substanciais, devem ser priorizados para o monitoramento;
  • Histórico de problemas: os ativos que apresentaram histórico de falhas recorrentes ou problemas frequentes também são bons candidatos para o monitoramento, uma vez que trazer riscos para a operação; 
  • Complexidade do equipamento: ativos complexos, com muitos componentes e variáveis de operação, também devem ser prioridade;
  • Objetivos operacionais: se a prioridade for a redução de custos de manutenção, por exemplo, os ativos que mais contribuem para esses custos devem ser selecionados para o monitoramento.

Como analisar os dados gerados?

A coleta constante de dados provenientes do monitoramento preditivo pode ser uma mina de ouro de informações valiosas para a tomada de decisões informadas e aprimoramento dos processos industriais. 

No entanto, lidar com grandes volumes de dados requer uma abordagem estruturada e ferramentas adequadas para extrair insights significativos.

A primeira etapa é garantir que todos os dados sejam coletados de maneira confiável e armazenados em um formato acessível, o que geralmente envolve o uso de sistemas de gerenciamento de dados ou plataformas de armazenamento em nuvem.

Os dados brutos podem conter ruídos ou informações irrelevantes. Portanto, é necessário realizar a limpeza e a preparação dos dados, eliminando inconsistências e padronizando as informações.

Dependendo dos objetivos da análise, algoritmos de aprendizado de máquina e análise estatística podem ser aplicados para identificar padrões complexos e relações nos dados.

Com base nos dados históricos e nas tendências identificadas, os algoritmos de previsão podem ser usados para estimar quando uma falha pode ocorrer, permitindo que ações preventivas sejam tomadas.

A análise de dados gerados pelo monitoramento on-line de ativos requer uma abordagem integrada que combina técnicas de limpeza, análise estatística e aprendizado de máquina. 

Quero ter na minha fábrica! Como aplicar?

A adoção do monitoramento on-line de ativos em uma planta industrial é um processo que envolve uma série de etapas bem definidas, desde a seleção das tecnologias de monitoramento até a interpretação dos dados gerados. Nesse contexto, a SEMEQ se destaca como uma parceira confiável, trazendo sua vasta experiência em manutenção preditiva.

O primeiro passo é identificar os ativos críticos da planta, aqueles cujo mau funcionamento pode impactar diretamente a produção. A partir daí, a escolha das tecnologias de monitoramento adequadas se torna fundamental. 

Sensores de vibração e temperatura, de corrente, coleta IoT e outros sistemas podem ser implementados, dependendo das características dos ativos em questão.

A instalação dos sensores nos pontos-chave dos ativos requer conhecimento técnico para garantir a precisão e a eficácia do monitoramento. Aqui é onde a SEMEQ entra, com sua equipe altamente capacitada para realizar instalações precisas e confiáveis.

Uma vez que os sensores estão operando, a coleta de dados é contínua e integrada, alimentando algoritmos avançados de análise. Esse é outro ponto onde a SEMEQ se destaca, com sua experiência em análise de dados e seu laboratório próprio. Os dados coletados são processados e transformados em informações relevantes para o diagnóstico.

O monitoramento on-line de ativos não é um processo pontual, mas contínuo. Os resultados e a evolução do estado dos ativos são acompanhados ao longo do tempo, permitindo uma gestão mais eficaz e embasada em dados concretos.

A SEMEQ se coloca como a parceira ideal para esse desafio, oferecendo não apenas tecnologia de ponta, mas também o conhecimento e a capacidade analítica necessários para maximizar os resultados e transformar o monitoramento de ativos em uma vantagem competitiva sólida.

Conheça os sensores on-line da SEMEQ

Na busca contínua por aprimorar a eficiência operacional e garantir a disponibilidade dos ativos, os sensores wireless têm se tornado peças fundamentais no monitoramento industrial. 

A SEMEQ, líder no setor de manutenção preditiva, oferece uma linha de sensores on-line de última geração, projetados para elevar o nível de confiabilidade e disponibilidade das plantas industriais.

Sensor de vibração e temperatura: dispositivo versátil e altamente sensível, capaz de detectar variações sutis que podem indicar desgaste ou anomalias em ativos industriais combinando a análise da vibração e temperatura;

Sensor de corrente: ferramenta de monitoramento de alta precisão que detecta corrente das três fases do motor com o equipamento em funcionamento. Esses sinais são convertidos em informações valiosas sobre a condição dos ativos, permitindo a detecção precoce de problemas como harmônicos, desbalanceamento de fase, frequência de alimentação, entre outras.

A SEMEQ reconhece que cada planta industrial é única e, por isso, oferece soluções personalizadas para atender às necessidades específicas de monitoramento. 

Além disso, nossa equipe de profissionais altamente qualificados está pronta para auxiliar na instalação, configuração e interpretação dos dados coletados pelos sensores.

Dê um passo à frente na gestão de ativos da sua planta industrial. Entre em contato conosco e descubra como a tecnologia de ponta aliada à experiência em manutenção preditiva pode transformar a eficiência operacional!

Aproveite para entrar em contato conosco hoje mesmo! Leia mais conteúdos como este em nosso blog:

Indicados para você

industria-4.0-e-transformacao-digital

Indústria 4.0 e transformação digital: s...

Com a indústria 4.0 e a transformação digital, a m...

Ler Tudo

MTTR: o que é e como fazer o cálculo...

O MTTR desempenha um papel crucial na avaliação da...

Ler Tudo

Engenharia de confiabilidade: o que é, c...

A aplicação da engenharia da confiabilidade traz b...

Ler Tudo

O que esperar do monitoramento on-line d...

O monitoramento online de ativos enfrenta uma séri...

Ler Tudo

Convertendo dados em ativos mais eficientes.

A combinação e o tratamento de dados realizados pela Semeq, resultam em informações valiosas para a sua tomada de decisão.

Conheça nossos serviços